fbpx

Essa doença degenerativa, mais comum após os 60, pode acabar evoluindo para a demência, grau em que o idoso depende completamente de uma outra pessoa para fazer as atividades básicas do dia a dia.