fbpx

CONSULTORIA EM VIAGENS

Perguntas frequentes de nossos clientes

Eu sou um bloco de texto. Clique no botão Editar (Lápis) para alterar o conteúdo deste elemento.

Quais são os documentos válidos para embarque no aeroporto?

Para viagens nacionais, são válidos como documentos de identificação: RG com data de expedição mínima de 10 anos; Carteira de Habilitação; Carteira Nacional de Entidades de Classe com foto.

Para viagens internacionais para os países do Mercosul (Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Chile, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela), são válidos: RG com data de expedição mínima de 10 anos; Passaporte com validade de pelo menos 6 meses após a data de retorno da viagem.

Para viagens internacionais para os demais países, é aceito como documento válido apenas o Passaporte com validade de pelo menos 6 meses após a data de retorno da viagem.

Como renovar meu passaporte?

Acesse o site www.dpf.gov.br, clique em “Passaporte”, na coluna à esquerda, e depois clique em “Requerer Passaporte (para brasileiros)”. Siga os passos indicados, preencha o formulário com todos os seus dados e agende uma data para comparecimento ao SAC mais próximo de você. Imprima os comprovantes de agendamento e protocolo, pague o boleto bancário referente à taxa de emissão de passaporte (R$ 156,07) em qualquer banco até a data de vencimento. Na data agendada, é só comparecer ao SAC no horário agendado e realizar o procedimento. A foto é tirada no momento do atendimento, e o passaporte fica pronto dentro de 15 dias.

Qual é o limite de valor que posso comprar no exterior?

O limite de valor global, para ter isenção tributária, quando o viajante ingressar no País por via aérea, é de US$ 500,00 (quinhentos dólares dos Estados Unidos), ou o equivalente em outra moeda. Dentro desse limite não são computados (despreza-se o valor de):

a) livros, folhetos e periódicos;

b) bens de uso ou consumo pessoal do viajante;

c) mercadorias adquiridas dentro do limite de isenção de US$ 500,00 (quinhentos dólares dos Estados Unidos) no free shop no aeroporto de chegada ao Brasil, pois essa é outra cota de isenção a que o passageiro tem direito;

d) bens não adquiridos na viagem, que o passageiro esteja trazendo de volta ao País.

Observe que mesmo os bens recebidos gratuitamente no exterior entram no cálculo do limite de valor de isenção.

Devo despachar meus medicamentos ou levá-los na mala de mão?

Nunca despache seus medicamentos de uso habitual na mala, pois ela pode extraviar e você não poderá comprar remédios no exterior sem receita médica. Leve sempre consigo na bagagem de mão.

O que não é permitido levar na mala de mão?

Os limites da bagagem de mão são definidos por critérios de segurança para atender ao peso máximo de decolagem do avião e às ações preventivas de segurança a bordo. Em voos domésticos, a bagagem não pode ser maior do que 115cm (considerando altura + comprimento + largura) e o peso máximo é de 5kg. Caso exceda essa especificação, a companhia aérea poderá exigir que a bagagem não viaje com você e seja despachada. Para voos internacionais, cada companhia aérea possui um limite de peso e dimensão de bagagem. Consulte com antecedência.

É proibido levar na bagagem de mão: objetos cortantes ou perfurantes; líquidos, géis e pastas que excedam o volume de 100ml. Perfumes, bebidas e outros líquidos adquiridos no free shop precisam estar embalados em sacola selada e acompanhados das notas fiscais do dia do voo. A entrada de medicamentos em outros países poderá sofrer fiscalização sanitária. Portanto, não esqueça a prescrição médica.

Qual o limite de bagagem que posso levar no avião?

Para voos dentro do Brasil, a franquia de bagagem é de um volume de 23kg. Para voos internacionais, a franquia é de dois volumes de 32kg. Porém, se a sua viagem inclui um voo interno em algum outro país, na maioria dos casos só é permitido um volume de 20kg.