fbpx

O que fazer após se aposentar: 4 dicas para espantar o tédio + dica bônus

Quando falta pouco pra se aposentar, a ansiedade é grande.

Descansar, curtir com a família, aproveitar todo o tempo que você não pôde até agora e recuperar os longos anos de trabalho são algumas das coisas que passam pela sua cabeça, não é verdade?

Mas na hora que chega a aposentadoria, parece que não existe mais nada que você pode esperar da vida e o seu melhor amigo, ou melhor, inimigo, é o tédio.

Por isso, vou te mostrar o que fazer após se aposentar para espantar de vez esse pensamento de que chegou o fim da linha. Acompanhe!

1. Mantenha a mente e o corpo ativos após se aposentar

Uma das melhores maneiras de utilizar o tempo a seu favor e desenvolver o potencial da sua sabedoria é manter a mente ativa.

Muitos aposentados optam por continuar trabalhando, pois além de se manter ocupados obtêm uma renda extra.

Porém, isso pode acabar sendo uma armadilha se o tipo de trabalho que você escolheu é carregado de estresse.

Sendo assim, prefira utilizar seu tempo para:

  • estudar um novo idioma
  • aprender novos hobbies
  • aprender um instrumento musical
  • ler livros
  • não deixe de fazer uma atividade física todos os dias

2. Não se isole dentro de casa

O importante é que, embora você opte por fazer tudo isso sozinho(a) em casa, através da internet, não deixe de fazer atividades ao ar livre.

Separe pelo menos meia ou uma hora do seu dia para sair de casa, tomar um pouco de sol, fazer uma caminhada ou conversar com os amigos e familiares.

Sua mente e seu corpo vão agradecer.

3. Aproveite e faça novas amizades

Existem diversas atividades para aposentados que podem ser feitas fora de casa e principalmente ao livre.

Dentre elas:

  • hidroginástica
  • yoga
  • natação
  • zumba
  • musculação
  • pilates
  • dança
  • praticar a fé

Com isso, você não só canaliza energia física e mental para melhorar o seu corpo e mente, como também vai interagir com pessoas da mesma faixa etária que você, dando um combustível a mais ao poder conversar com elas sobre as experiências de vida.

4. Se divirta

O mais importante é se divertir.

E para isso, inclua cultura e lazer na sua rotina de um jeito que você nunca pôde fazer antes:

  • vá ao cinema
  • assista a peças de teatro
  • saia para comer com a família
  • saia para dançar

Porém, o melhor modo de se divertir e fazer todas as outras coisas que mencionei anteriormente é …

Conheça o mundo – dica bônus

Viajar na aposentadoria é algo arrebatador porque:

  1. Suas férias não terão mais fim
  2. Você não chegará cansado em casa e terá que trabalhar no dia seguinte
  3. Existem agências de turismo especializadas em viagens para aposentados e idosos
  4. Você vai vivenciar novas experiências, lugares e culturas de um jeito único e inédito na sua vida.

Então tire um tempo pra você mesmo(a) e VIAJE!

Viajar vai definitivamente trazer uma incrível oportunidade de conhecimento de si mesmo e do mundo, ao entrar em contato com a natureza e lugares magníficos, que são totalmente diferentes daquilo que você vive na sua rotina.

22 comments on O que fazer após se aposentar: 4 dicas para espantar o tédio + dica bônus

  • Guilhermina Andrade

    Parabéns pela iniciativa!

    • Felipe Fontes (author)

      Muito obrigado Guilhermina, o nosso objetivo sempre é poder ajudar.

  • Maria Carneiro Prado

    Estou muito em dúvida em me aposentar, já dei entrada duas vezes e desisto rsrsr, mas fico pensando porque o sálario é o mesmo, tanto faz eu ir trabalhar como nao, ai na verdade acho que estou pagando p trabalhar apesar o expediente é de 7 as 13hs, procure me ajudar, ocupar meu tempo, pior que não gosto de ler, e por enquanto não tenho condições de viajar rsrs, abraços.

    • martha mirao lima de jesus

      MARIA, estava pesquisando para continuar publicando para pessoas aposentadas, que é o que gosto de fazer, agora que ja estou aposentada. Gostaria de continuar essa conversa, se quiser conhecer meu trabalho no Instagram @miraomartha.

  • Lilaci Martins redu

    Vou seguir suas dicas…estou esperando a publicação da minha aposentadoria…por favor agência de viagens p idosa.ovrigada

  • Pingback: Rio Quente Resorts | A maior Estância Hidrotermal do Mundo

  • Alexandre Augusto Novaes

    Parabéns pela iniciativa de ajudar a quem está passando por esta mudança, minha vai ser daqui a 15 meses. Já estou me preparando para isto.

    • Felipe Fontes (author)

      É maravilhoso poder ajudar as pessoas. Daqui a 15 meses será a hora de curtir tudo que tem direito, né?

  • maria

    Faltou um elemento fundamental neste post. Realizar trabalhos voluntarios é reconhecido cientificamente como fundamental para uma vida feliz e plena. [E neste momento onde temos mais tempo para realiza-lo.

    • Felipe Fontes (author)

      Olá, Maria. Muito obrigado pela observação, iremos atualizar esse post logo, logo.

      Muito obrigado, viu?

  • Nascimento Rosa

    Gostei muito desta informação e fiquei muito esclarecida
    Vou adoptar está sistema
    E muito obrigado pela partilha da informacao

    • Felipe Fontes (author)

      Olá, Rosa. Tudo bem contigo?
      Ficamos felizes em você ter gostado <3

  • José Sebastião Silva

    O pior é que você é aposentado e a esposa não é então viajar não da.
    Mas daí levar ela e buscar do trabalho, cozinhar e limpar tudo já é um bom passatempo somando as leituras e caminhadas diárias mais a internet vira uma rotina diaria.

    • Beenardete

      Estou aposentada ha dois anos, mas continuei trabalhando. Ontem fui desligada da empresa, o salário diminui, e com isso deixo de receber benefícios, como convênio vale refeição..etc confesso que já não estava mais aguentando as responsabilidades de trabalhar numa empresa grande. Mas, agora que tudo passou, estou me sentindo perdida e quero muito fazer alguma coisa para aumentar a renda, mas algo que eu goste de fazer, infelizmente não sei em que posso trabalhar agora, tenho meus pais um com Alzheimer e outro com demência, mas se viver somente p cuidar deles, sei que vou acabar me deprimindo.

  • Beenardete

    Estou aposentada ha dois anos, mas continuei trabalhando. Ontem fui desligada da empresa, o salário diminui, e com isso deixo de receber benefícios, como convênio vale refeição..etc confesso que já não estava mais aguentando as responsabilidades de trabalhar numa empresa grande. Mas, agora que tudo passou, estou me sentindo perdida e quero muito fazer alguma coisa para aumentar a renda, mas algo que eu goste de fazer, infelizmente não sei em que posso trabalhar agora, tenho meus pais um com Alzheimer e outro com demência, mas se viver somente p cuidar deles, sei que vou acabar me deprimindo.

    • Carla

      Bernadete, não esqueça de sua vida, sei que seus pais são importantes, cuidei de minha mãe por 10 anos com alzhameir, sei o quanto é dificil. Mas não esqueça que tem muito para viver, arrume um jeito se dividir essa responsabilidade com outros familiares ou clinicas especializadas para poder ter seus momentos. Não fiz isso e agora ficou mais dificil, logo após a morte de minha mãe perdi meu marido, deixei de viver muitas coisas com ele por achar que depois teria tempo.

  • Lucimara Benitez

    Vim parar nessa pagina buscando alternativa para um casal de aposentados da minha família, são jovens ainda, 65 anos, e não fazem absolutamente nada, só fica em frente a tv e cuidando da vida dos outros que estão se matando de trabalhar, sem tempo pra nada, e fica aqueles dois “faísca e fumaça” palpitando tudo na nossa vida.
    Cuidando cada canto da minha casa se ta limpo ou não, se almoço 12h, estou almocando muito cedo, se almoço as 13h30 estou almocando muito tarde… e por aí vai, reclama até quando demoro pra reaponder o bom dia no whatsapp.. Ai refleti, é a bendita falta do que fazer, mas como convence los a seguir SUAS VIDAS e não a vida dos parentes?
    É complicado.

    • Interativa Viagens

      Olá, Lucimara. Tudo bem contigo? Entendemos perfeitamente o seu caso, por isso que temos a responsabilidade de levar mais qualidade de vida e longevidade para os nossos viajantes se divertirem.

  • Ney

    Bom dia, então, lí a matéria, gostei, lí os comentários, achei alguns muito pobres de decisão, enfim, preciso dizer algo sobre tudo isso:- 1- A aposentadoria é uma OPÇÃO, ou seja, tem que ser de livre e expontânea vontade. 2- Também havia achado falta na matéria no quesito “trabalho voluntário”, mas acabou que houve um acerto do Autor em concordar com o leitor. 3- Ficar à toa “murcha” o cérebro, portanto, sempre haverá alguma coisa que se goste de fazer, seja com finalidade econômica ou não. Mas o mais importante é fazer coisas que tenham sido projetadas e principalmente “criadas” pela pessoa, isso deixa o cérebro confortado. 4- E o mais importante de tudo, a consciência de estar formando uma sociedade mais justa, colaborar com o futuro (pensar grande e fazer maior). Grande abraço a todos, felicidades nos projetos e, “fé em Deus e pé na tábua”.

    • Interativa Viagens

      Olá, Ney. Tudo bem contigo? Muito obrigado pelo seu comentário, ele foi de extrema importância para que nós, da InterAtiva Viagens melhore a cada dia mais os nossos post.

  • Geraldo Alves dos Santos

    Eu estou planejamento de minha aposentadoria que vem daqui a 11 meses, e pretendo estar viajando e morando pelo cidades e capitais do Brasil por período de 03 meses em cada lugar. Vou me dedicar tbm a trabalhos de nômade digital e se aparecer trabalhos voluntários.
    Na atualidade de pandemia pessoas com acima de 60 anos estão sendo rejeitadas no mercado de trabalho.
    Meu projeto de viagem é longo e no final de tudo quero escolher uma cidade pequena deste Brasil para viver. Obrigado pela reportagem e dicas.

    • Interativa Viagens

      Olá, Geraldo. Tudo bem contigo? Que legaaal, ser nômade é muito bom, você pode conhecer novos lugares, novas pessoas, criar novos laços e ainda trabalhar, isso é muito incrível!!😍

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *